Category: Sem categoria


O site www.what’s.new publicou uma lista com 135 recursos que podemos usar para aproveitar ao máximo as potencialidades do Twitter.

Escolhi alguns delas que se podem utilizar em contexto educativo:

Para ler e publicar noticias

– TweetsQueue: Para publicar notícias de forma programada.
– Inagist: Notícias filtradas por canais.
– Twitterspy: Par aler vários temas ao mesmo tempo.
– My6sense: Extesão de recomendação de notícias.
– Reader2twitter:  Para enviar o que compartilhamos no Google Reader.
– FeedLooks: Para ler o twitter como um leitor de feeds.
– Popbuzz.me: Notícias classificadas.
– monitter.com: Para ler em tempo real o que acontece no mundo.
– TwitterFeed: Para importar conteúdo de um site no Twitter.
– tweetscan.com: Alertas sobre palavras específicas no Twitter.
– TwitscoopAs notícias mais populares.
– TweetNews: Ranking de notícias segundo os links no Twitter.
– Tweetbeep: Para criar alertas.
– Twitter Power Search: Alternativa ao buscador de Twitter.
– @myflightinfo: Use @myflightinfo para estar informados sobre o estado de vôos.
– Retweetist: O mais indicado no Twitter.
– SiteVolume: Para saber quando uma frase ou palavra é comentada no Twitter.
– Twitt(url)y: PAra ler o que se comenta sobre uma url.
– Twibs: Para conhecer empresas no Twitter. Continuar a ler

faltam 21 hits

Já só faltam 21 visitas para atingir o primeiro milhar de visitas ao meu Árvores&Arbustos! Foram publicados 132 artigos, com 11 comentários! Ainda sou um bebé. Mas com a vossa ajuda prometo crescer cheio de coisas boas e de muito ar puro!

Passa por lá e deixa o teu comentário

Portugal é dos países que mais bem recebe os muçulmanos na Europa e um dos Estados cujos habitantes têm uma visão mais positiva dos praticantes do Islão.
A conclusão é de um estudo, levado a cabo pela Universidade de Munique, em que foram analisadas as atitudes de habitantes de cinco países: Portugal, França, Dinamarca, Holanda e Alemanha, sendo este país divido entre leste e ocidente.
Em praticamente todas as áreas de análise, Portugal é o país que fica mais bem visto em termos de integração e ausência de preconceitos. Por exemplo, os portugueses são os que mais consideram que o Islão tem lugar no mundo ocidental: 36% responde favoravelmente, bem acima dos 20% de alemães de leste que têm esta visão.
Os portugueses são também os que têm menor imagem negativa dos muçulmanos de todos os países sondados, abaixo dos 34%. Tanto a Alemanha ocidental como a oriental registam valores acima dos 50%.
Cerca de 20% das pessoas têm uma imagem negativa dos judeus, e cerca de 16% em relação a hindus e budistas.
No que diz respeito ao apoio pela construção de mesquitas e de minaretes, um assunto que tem estado na ordem do dia internacional, os portugueses são também os mais abertos: mais de 73% vê com bons olhos a construção de mesquitas, embora na questão dos minaretes os números desçam para 53,4%. Ainda assim, são os mais altos dos países inquiridos.
Curiosamente, os portugueses são também os que revelam conhecer menos muçulmanos. Mais de 74% afi rmam que não conhecem nenhum e menos de 15% afirmam que conhecem muitos ou poucos.
No plano mais geral, e embora pareça contraditório, 52% dos portugueses inquiridos consideram que o pluralismo religioso constitui uma ameaça, mas mais de 81% consideram que representa, também, uma fonte de enriquecimento cultural.

Lido in Página1, 14|Dez.|2010