DALAI LAMA disse “é indiscutível que a nossa felicidade está intimamente ligada à felicidade dos outros. É indiscutível que, se a sociedade sofre, nós também sofremos. É indiscutível, ainda, que, quanto mais temos o coração e o espírito perturbados pela malevolência, mais sofremos. Podemos rejeitar tudo o mais: a religião, a ideologia e todo o conhecimento recebido. Mas não podemos escapar à necessidade do amor e da compaixão.
Esta é a minha verdadeira religião, a minha fé mais simples. Neste sentido, não é preciso templo ou igreja, mesquita ou sinagoga; não é precisa filosofia complicada, uma doutrina ou um dogma. O nosso coração, o nosso espírito é o templo. A doutrina é a compaixão. O amor pelos outros – quaisquer que sejam e o que quer que façam – e o respeito pelos seus direitos e pela sua dignidade são, em última análise, tudo quanto precisamos.
Se praticarmos isto na vida diária, desde que tenhamos compaixão pelos outros e controlemos a nossa conduta com base no sentido de responsabilidade, seremos felizes”.

 

Anúncios