Como diria o prof. Marçal Grilo “ou estudas, ou estás tramado“. mas, como se estuda hoje? como respondemos às alterações de paradigmas (se é que isso existe!)? falta-nos descobrir aquilo que realmente nos apaixona, o tal “elemento“, de Ken Robison.
o tempo já não corre, voa a um ritmo alucinante. quanto tempo dura um pensamento postado bo Facebook? a quantos segundo é actualizado o Twitter?
eu consigo fazer uma coisa de cada vez, bem no máximo duas: ler e ouvir música, por exemplo. os meus alunos? não sei bem. mas conseguem conversar, ouvir música, escrever mensagens, caminhar, e ver o facebook, pelo menos.
Como conciliar estas duas gerações?!
Anúncios